Blocos de concreto com resíduos de PET: alternativa para sustentabilidade urbana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18830/issn.1679-0944.n31.2021.03

Palavras-chave:

Resíduos sólidos, Resíduos poliméricos, Reciclagem, Sustentabilidade urbana

Resumo

Pesquisas que foquem em incorporar materiais recicláveis na produção de elementos e componentes construtivos são importantes com vistas a reduzir o consumo de recursos naturais não renováveis. Objetiva-se demonstrar a viabilidade técnica de produção de concretos secos com incorporação de resíduos de polietileno tereftalato (PET) para a fabricação de blocos de concreto simples do tipo vazado. Seguiu-se as seguintes etapas metodológicas: estudo de dosagem, confeccionado corpos de prova com concreto seco substituindo a areia por resíduo de PET nas percentagens de 0, 5, 10 e 15%; avaliação das propriedades físicas e mecânicas dos corpos de prova; e, produção dos blocos de referência e com substituição de areia por flakes de PET; avaliação das propriedades físicas e mecânicas dos blocos. A introdução progressiva de PET na matriz cimentícia do concreto elevou a absorção de água e de índice de vazios nos traços, reduzindo a massa específica e resistência à compressão. Os blocos atenderam aos requisitos dimensionais e físicos. Para atendimento da resistência, a porcentagem de incorporação de PET no traço deve ser reduzida para 7%. A reciclagem de PET é tecnicamente viável para produção de blocos de concreto, evitando sua destinação a áreas ilegais e aterros, contribuindo com a sustentabilidade urbana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Pâmella Mirélla de Souza Schilive, Universidade Federal do Mato Grosso

Pós-graduanda em Desenvolvimento Urbano pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Campus Várzea Grande, graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Cuiabá (2019) e formação técnica no curso de Edificações pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Campus Cuiabá (2013).

Ivan Julio Apolonio Callejas, Universidade Federal do Mato Grosso, Departamento de Arquitetura e Urbanismo

Graduado pela Universidade Federal de Mato Grosso (1995). Mestre pela Faculdade de Engenharia Civil, área de concentração Estruturas, Universidade Estadual de Campinas (1998). Doutor pelo programa de pós graduação em Física Ambiental na área de conforto ambiental (2012). Atualmente é professor Associado I da Universidade Federal de Mato Grosso, atuando no Departamento de Arquitetura e Urbanismo, tendo atuado como docente do Curso de Pós-Graduação em Engenharia de Edificações e Ambiental (PPGEEA). Integra como colaborador o curso de Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação (PROFNIT). É líder do Grupo de Pesquisa em Dinâmica Ambiental e Tecnologia (GPDAT). Atuou como bolsista do CNPq, na modalidade EXP (extensão no país), no Programa Agentes Locais de Inovação (ALI) do SEBRAE-MT, de 2014 a 2016. Tem experiência na área de Arquitetura/ Engenharia Civil e interesse na área de tecnologia do ambiente construído, com enfoque na sustentabilidade, voltados ao desempenho termoenergético das edificações e desenvolvimento de materiais, produtos e processos construtivos inovadores.

Luciane Cleonice Durante, Universidade Federal do Mato Grosso, Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação

Possui graduação em Engenharia Civil (1993), especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho (1994), mestrado em Educação e Meio Ambiente (2000) e doutorado em Conforto Ambiental (2012), ambos pela Universidade Federal de Mato Grosso. Atualmente é Professor Associado IV do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia/UFMT, docente e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação (PROFNIT), Coordenadora do Laboratório de Tecnologia e Conforto Ambiental (LATECA), Vice Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Tecnologia e Arquitetura Ambiental (GPTAA) e membro do Grupo de Pesquisa em Dinâmica Ambiental e Tecnologia (GPDAT). Coordena a Rede de Parceiros Externos do Parque de Inovação e Sustentabilidade do Ambiente Construído (PISAC), da Universidade de Brasília e integra a Rede Sustenta como representante da UFMT. Atuou como bolsista do CNPq, na modalidade EXP (extensão no país), no Programa Agentes Locais de Inovação (ALI) do SEBRAE-MT, de 2012 a 2014. Atualmente, é Monitora no Programa de Qualificação para Exportação PEIEX- MATO GROSSO 2021-2022. Possui interesse pela área de inovação, sustentabilidade e resiliência do ambiente construído.

Emeli Lalesca Aparecida da Guarda, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduada em Arquitetura e Urbanismo (2017) na Universidade de Cuiabá (UNIC), Mestre em Engenharia de Edificações e Ambiental (2019) na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Doutoranda em Arquitetura e Urbanismo (em andamento) na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente, participa de pesquisas do Laboratório de Tecnologia e Conforto Ambiental (LATECA) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e da Universidade de Brasilia (UNB), voltadas para à áreas de: mudanças climáticas, eficiência energética, desempenho térmico de edificações e zoneamaento bioclimático brasileiro, habitações de interesse social, conforto térmico e adaptativo. E atua como pesquisadora de doutorado no Laboratório de Conforto Ambiental (Labcon/UFSC). Possui experiências com simulações computacionais no âmbito de desempenho termoenergético.

Referências

ABIPET. Associação Brasileira da Indústria do PET. 10º Censo da Reciclagem de PET no Brasil. 2015. [Accessed 30 Octuber 2020]. http://www.abipet.org.br/indexAjax.html?method=baixarArquivo&id=548

AGOPYAN, Vahan; JOHN, Vanderley. M. O desafio da sustentabilidade na construção civil. Goldemberg, J. (Coord.). São Paulo: Edgard Blücher, 2011. 144p. ISBN 978-8521206101

ALBANO, Carmem; CAMACHO, Nelson; HERNANDEZ, Marianella; MATHEUS, A.; GUTIERREZ, A. Influence of content and particle size of waste pet bottles on concrete behavior at different w/c ratios [online]. Waste management, 2009. Vol. 29, no. 10, p. 2707-2716. https://doi.org/10.1016/j.wasman.2009.05.007

ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. NBR 12118: Blocos vazados de concreto simples para alvenaria — Métodos de ensaio. Rio de Janeiro: 2014. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=314197

______. NBR 15900-1: Água para amassamento do concreto – Parte 1: Requisitos. Rio de Janeiro: 2009. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=57168

______. NBR 16605: Cimento Portland e outros materiais em pó – Determinação da massa específica. Rio de Janeiro: 2017. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=372002

______. NBR 16697: Cimento Portland – Requisitos. Rio de Janeiro: ABNT, 2018. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=400221

______. NBR 6136: Blocos vazados de concreto simples para alvenaria – Requisitos. Rio de Janeiro: 2016. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=364276

______. NBR 7211: Agregados para concreto – Especificação. Rio de Janeiro: 2009. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=40092

______. NBR 9776: Agregados – Determinação da massa específica de agregados miúdos por meio do frasco Chapman. Rio de Janeiro: 1987. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=79522

______. NBR NM 248: Agregados – Determinação da composição granulométrica. Rio de Janeiro: 2003. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=2979

______. NBR NM 45: Agregados – Determinação da massa unitária e do volume de vazios. Rio de Janeiro: 2006. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=1674

______. NBR NM 52: Agregado miúdo – Determinação da massa específica e massa específica aparente. Rio de Janeiro: 2009. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=55817

______. NBR NM 53: Agregado graúdo – Determinação da massa específica, massa específica aparente e absorção de água. Rio de Janeiro: 2009. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=9647

______. NBR 11768: Aditivos para concreto de cimento Portland. 2. ed. Rio de Janeiro, 2019. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=430826

ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR NM 27: Agregados – Redução da amostra de campo para ensaios de laboratório. Rio de Janeiro: 2001. [Accessed 30 Octuber 2020]. Available from: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=3061

BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA. Resolução nº 313, de 29 de outubro de 2002. Dispõe sobre o inventário nacional de resíduos sólidos industriais. Brasília: Diário Oficial da União, 22 de novembro de 2002. [Accessed 20 September 2020]. http://www.iap.pr.gov.br/arquivos/File/Legislacao/residuos/CONAMA3132002.pdf

BRASIL. Fundação Nacional de Saúde – FUNASA. Programas municipais de coleta seletiva de lixo como fator de sustentabilidade dos sistemas públicos de saneamento ambiental na Região Metropolitana de São Paulo [online]. Brasília: Fundação Nacional de Saúde, 2010. [Accessed 20 September 2020]. http://www.funasa.gov.br/documents/20182/39040/Programas+municipais+de+colata+seletiva+de+lixo...+sao+paulo.pdf/c5d213c8-0e62-492e-ad96-d0efad398efa

CALLEJAS, Ivan Julio Apolonio; DURANTE, Luciane Cleonice; OLIVEIRA, Angela Ssantana. Thermal resistance and conductivity of recycled construction and demolition waste (RCDW) concrete blocks. Revista REM [online], 2017. Vol. 70, p. 167-173, 2017. http://dx.doi.org/10.1590/0370-44672015700048

CAMPOS, Cassio Fabian Sarquis; ALTRAN, Daniele Araujo; FIDELIS, Guilherme Noboru Sassaki; OLIVEIRA, Leonardo Borges. Análise das propriedades físicas do concreto obtido com uso de Polietileno Tereftalato (PET). Colloquium exactaruim, 2014. Vol. 6, no. 4, p. 31-39. https://revistas.unoeste.br/index.php/ce/article/view/1236

CARDOSO, Alceu Aparecido. Desempenho termo físico e mecânico de argamassas de revestimento produzidas com resíduos sólidos poliméricos, minerais e vegetais. Mestrado. UFMT, 2017.

CORREA, Priscila Marques. Estudo comparativo da influência da adição de PET e PP pós-consumo na produção do concreto estrutural [online]. Mestrado. UFRG, 2015. Available from: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/130090

DAMASCENO, Flavio Alves; MACEDO, Otávio Assunção Peito; OLIVEIRA, Jofran Luiz; OLIVEIRA, Carlos Eduardo; BRANDÃO, Leidimar Freire. Propriedades Físicas, Mecânicas e Térmicas de Telhas de Concreto Fabricadas com Adição de Diferentes Materiais Isolantes. Engenharia na agricultura [online], 2015. Vol. 23, N.5, p. 406-417. https://doi.org/10.13083/reveng.v23i5.578

GOMES, Paulo Cesar Correia; PEREIRA, Fábio Alencar, UCHÔA, Silvia Beatriz Beger, OLIVEIRA, Fábio Cabral; ALMEIDA, Licia Holanda. Obtenção de blocos de concreto com utilização de resíduos reciclados da própria fabricação dos blocos. Ambiente Construído [online], 2017. Vol. 17, n. 3, p. 267-280. https://doi.org/10.1590/s1678-86212017000300175

LU, Weisheng; TAM, Vivian. Construction waste management policies and their effectiveness in Hong Kong: A longitudinal review. Renewable and Sustainable Energy Reviews [online], July 2013. Vol. 23, p. 214-223. https://doi.org/10.1016/j.rser.2013.03.007

LUCOLANO, Fabio; LIGUORI, Barbara; CAPUTO, Domenico; COLANGELO.F; CIOFFI. Raffaele. Recycled plastic aggregate in mortars composition: Effect on physical and mechanical properties [online]. Materials and Design, 2013. Vol. 52, no. 1, p. 916-922. https://doi.org/10.1016/j.matdes.2013.06.025

NAVARRO, Raunavi; FERRANDIZ, Santiago; LOPEZ Juan; SEGUÌ, Vicente Jesus. The influence of polyethylene in the mechanical recycling of polyethylene terephthalate. J Mater Process Techno l[online], 2008. vol. 195, p. 110–6. https://doi.org/10.1016/j.jmatprotec.2007.04.126

ONU. Organização das Nações Unidas. Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 2015. [Accessed 30 Octuber 2020]. http://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/

PAVLU, Tereza; FORTOVA, Kristina; DIVIS, Jakub; HAJEK, Petr. The Utilization of Recycled Masonry Aggregate and Recycled EPS for Concrete Blocks for Mortarless Masonry. Materials (Basel, Switzerland) [online], 2019. Vol. 12, no. 2, p. 1-18. https://doi.org/10.3390/ma12121923

PNUD. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Buildings: investing in energy and resource efficiency. In: Towards a Green Economy: pathways to sustainable development and poverty eradication, 2012. [Accessed 30 Octuber 2020]. http://eprints.lse.ac.uk/47895/

SILVA, José Bezerra. Avaliação do desempenho de blocos de concreto estrutural dosados com Politereftalato de etileno (PET) micronizado. Doutorado. UFCG, 2016. Available from: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/952

Downloads

Publicado

2021-07-15

Como Citar

Schilive, P. M. de S. ., Callejas, I. J. A. ., Durante, L. C. ., & Guarda, E. L. A. da. (2021). Blocos de concreto com resíduos de PET: alternativa para sustentabilidade urbana. Paranoá, (31). https://doi.org/10.18830/issn.1679-0944.n31.2021.03

Edição

Seção

Tecnologia, Ambiente e Sustentabilidade